Coaching

Perfeccionismo não é qualidade!

Uma vez conversando com um profissional de RH perguntei sobre a típica pergunta em processos seletivos que é: qual é o seu defeito? (e suas variáveis)Esta é uma pergunta bastante complicada pois ninguém quer se comprometer, não é? E aí este profissional me disse, diga que você é perfeccionista pois ninguém acredita que este é realmente um defeito.

É aí que eu quero chegar, muita gente bate no peito e tem o maior orgulho em dizer que é perfeccionista. Mas será que estas pessoas sabem o que esta palavra significa?

De acordo com o Dicionário Aurélio é a tendência, patológica, em procurar exageradamente a perfeição.

Ou seja, perfeccionismo, diferente do que a maioria das pessoas pensa, é uma doença. É um trabalho que nunca é finalizado por nunca estar suficientemente bom. São prazos perdidos para poder entregar uma versão melhor. É uma crise de ansiedade por tentar alcançar o inalcançável.

Se você se considera perfeccionista analise suas atitudes e verifique se é uma pessoa que simplesmente gosta de dar o melhor de si em tudo que faz ou se esta característica está te limitando, impedindo de ir além e alcançar novos objetivos.

Eu conheço muita gente que se diz perfeccionista sem realmente ser (inclusive eu dizia) e conheço poucas pessoas que realmente são (talvez uma ou duas) e não importa o quanto qualquer um diga para elas que o trabalho está bem feito, elas sempre se culpam por acreditar poder fazer melhor.

É claro que as coisas podem ser melhoradas, na maioria das vezes. Basta prestarmos atenção à evolução dos produtos, novas edições de livros, etc. porém isso não pode ser um impeditivo  para começar ou seguir em frente.

A PNL (Programação Neurolinguística) diz que cada pessoa faz o seu melhor com aquilo que tem no momento, ou seja, cada pessoa utiliza somente os seus próprios recursos e habilidades para fazer aquilo que ela acredita ser o melhor em cada ocasião. Não adianta se comparar com os ouros pois somos indivíduos diferentes uns dos outros vivendo momentos diferentes.

E aí, a necessidade de atingir a perfeição está te limitando? Conhece alguém assim? Me conta aqui nos comentários ou através do e-mail flavianetto@flavianetto.com.br.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s